Quinze milhões de euros são castigo?

E se de repente tivesse 15 milhões de euros?
Já pensou nessa possibilidade e congeminou o que faria?

Noto que 15 milhões de euros são 3.007.230.000$00.
Grossa maquia, portanto, e que pode sair a quem tenha o hábito do jogo.
Escrevo pensando nos namorados de Barcelos que passaram num ápice a casal de beligerantes.
Sendo telegráfico, parece que um dia o reforço, decidido por ela, de mais 2,00€ no boletim rendeu a tal maquia. Indo receber o prémio, levaram os pais dela e, sem que se perceba porquê, abrem uma conta no nome dos premiados e dos putativos sogros. O moço estava mesmo apaixonado ou então é pato de todo!

E o que se sucedeu bem o provou, pois querendo o pato dar algum aos pais e irmãos, recebeu rotunda nega do lado da moça. Aandam agora, com a conta bloqueada, a discutir em Tribunal.
Assim se revela a cupidez e a estupidez do homem.
Pergunto-me mesmo se os beligerantes farão ideia que, repartindo de forma equitativa os despojos, ficariam bem na vida soubessem eles gerir o dinheiro?

No meu caso a incumbência de registar boletins é da cara-metade.
E mais que o conforto da lei e da jurisprudência, tenho a confiança mútua como garante.
E se algum dia tiver tal maquia, para começo castigo-me aí com dez dias de férias George V, ao número 31 da avenida do mesmo nome.
Um suborno assim contava com quatro votos caseiros, no mínimo.
Faria melhor figura que Chavez ou Sócrates, pois seria uns absolutos 100% dos votos.

Àqueles a quem faltar qualquer destas garantias, já sabem … ou o jogo é a solo ou, sendo castigados com uma quantia choruda, aconselha-se um bilhete de avião para o Belize.
Sempre ouvi dizer que é um país formidável, mesmo para quem se quer perder!

15 comentarios:

salvoconduto disse...

Do que o amor (ao dinheiro, é claro) é capaz...

AP disse...

É a prova de que há pessoas que adoram não usar o cérebro.

António de Almeida disse...

Quando for proferida a sentença será um gozo no Tribunal, e recebem uma lição de moral do Juíz. Bem dizia Einstein, tinha apenas duas certezas, a maior das quais a estupidez Humana.

indomável disse...

Oh pá, ó Ferreira-Pinto,

isto não se faz pá!
Não se mostra a uma mulher o George V assim, e em dia de exame ainda por cima!
Não sabes que a ignorância é o nosso melhor aliado?
Agora como é que vou conseguir continuar a viver, sabendo que existe um George V onde eu não vou poder ir, porque pura e simplesmente não jogo no Euromilhões, totoloto, totobola, lotarias e demais porta-moedas da Santa casa...? Hã? Não me podes dizer?

É que já não me consigo concentrar, pá!

Peter disse...

A estupidez foi a abertura da conta em nome dos futuros-ex-sogros.
Como ela está no nome dos 4 o "pato" só deverá receber 1/4.
Talvez lhe sirva de emenda, mas não perde tudo e viu-se livre de uma futura-ex-mulher.

Ferreira-Pinto disse...

Ó minha caríssima INDOMÁVEL, se calhar, admito-o, não devia ter levado a fasquia a ponto tão elevado, mas olha que eu também o mais próximo que estive dele foi ... no passeio!

Mas o mais castiço era ver sair de lá árabes e africanos. Não é que não tenham direito, mas vendo-os a gente interroga-se quanto do nosso dinheiro dado para ajudas humanitárias não estaria ali a ser esbanjado ...

E mais à frente, na direcção dos Campos Elíseos, vai-se dar à "Louis Vuitton" do lado esquerdo e ao célebre "Fouquet" à direita. Rua fina, portanto!

turbolenta disse...

Isto é o que se chama um homem de boa fé, que acredita no próximo como nele próprio.
Quem nasce torto, tarde ou nunca se endireita. POr isso penso que ele nunca vai apanhar a metade a que teria direito se tivesse ido a Lisboa também e logo ali feito o depósito em nome dos 2.
Mas fica-lhe a lição... meias só mesmo para os nossos pés...
Cá para mim eles nem sabem bem o valor de todo o dinheiro em jogo e os sogros querem-no apanhar todo.
boa semana

pedro oliveira disse...

O amor deixa-nos cegos e totós aí está mais uma prova.
bom fds

Compadre Alentejano disse...

Pelos vistos, os pais da moça não estavam interessados no futuro genro, mas sim, na totalidade da massa...
Genros há muitos, palerma!...
Compadre Alentejano

DANTE disse...

Li a entrevista que o tipo deu a um jornal e realmente só se lia:
"quá quá , quá quá quá , quá quá , quá!"

Excentrico o puto... ;D

Um abraço Ferreira

Daniel Santos disse...

Este pelo menos não é um pato-bravo é bem manso.

Fa menor disse...

Em todo o lado há patos! e ratos... ratazanas... que nos comem por tolos!
Em um exemplo pequeno se vê os grandes...
A Fome é negra!

Daniela Major disse...

Ou para Guam...acho mesmo que se ganhasses o euromilhões devias era ir para Guam!!

ATP disse...

Faz me lembrar a crise do sub-prime!

Adoa disse...

A boa-fé quando está dinheiro pelo meio, näo perdura...
Nem muitas vezes as amizades..os amores...

É o valor do que existe... As pessoas lutam pelo que tem mais valor para elas...