Quando a bola beija a rede ... é golo!

Isto de escrever às portas de acontecimento de interesse nacional é chato!
Isto porque em dez milhões, 60% estão preocupados com as opções de Quique … e 25% com as do Professor.
Segunda começamos a discutir o resultado e, feita a pausa do próximo fim-de-semana, começamos a pensar no Carnaval.

Enquanto isso ... andamos a mentir descaradamente a uns tipos duma seguradora num estudo sobre condução e segurança rodoviária.
Nós, no contexto dos europeus inquiridos, somos os que melhor entendem as regras de condução? Está bem, abelha!
Como nem a mentir somos completos, lá complementamos com um “mas eu tenho dificuldade em cumprir”.
Dificuldade em cumprir um dever ...

... cá está outra característica inata nos portugueses.
Veja-se o caso do Senhor Magalhães, esse computador ladino, cuja obrigação era chegar às mãos dos meninos a tempo e horas e … nada!
Está como aquele comboio que “chega quando chega”
Ele lá pensou com os seus circuitos integrados que era para levar à letra o tempo que o outro Magalhães (o Dom Fernão) demorou na sua viagem que, ainda por cima, não acabou!
Para quem gosta destas coisas da História, é só navegar aqui.
O pobre do Dom Fernão não cumpriu porque foi trespassado nas praias das Filipinas ...

... mas há quem não cumpra, nem faça cumprir e ache tudo natural desde que ...
Por exemplo, Correia de Campos acha normal existirem fraudes na Saúde. Mas só até 5%!
Ora bem, nada como dizer aos burlões qual a percentagem de crimes admissível …

No mais, o Presidente, para gáudio dalguns sectores, lá vetou mais uma lei; o Primeiro viu o Freeport hibernar uns dias; os despedimentos prosseguem; a chuva, o frio e a neve também; a crise na mesma … mas nada disto importa, quando está aí um Porto/Benfica à porta!
E tenham bom fim-de-semana ...
Disse.

9 comentarios:

salvoconduto disse...

É nestas alturas que eu digo, Deus queira que empatem!

AP disse...

Já os imperadores romanos diziam para darem jogos ao povo que eles esqueciam a fome...

pedro oliveira disse...

Agora temos futebol freeport e fantochdas.
os 3 f's que nos perseguem eternamente.

p.s.Caro Ferreir-Pinto peço-lhe que divulgue,se possivel, este evento no blogue e pelos seus contactos:
http://vilaforte.blogs.sapo.pt/88110.html

korrosiva disse...

Se ainda ninguém levantou a bandeirola, é porque andam distraídos, que há muito que Portugal está fora de jogo!!

António de Almeida disse...

Qualquer que seja o resultado na 2ª feira ainda será cedo para pensar no Carnaval, é dia sim para se discutirem as peripécias do jogo, isto se não existirem casos ou erros de arbitragem, porque aí teremos assunto para a semana inteira...

Peter disse...

Portugal de hoje:

"Uma família a quem a casa ruiu e não tem dinheiro para comprar outra, o Governo não tem dinheiro para fazer uma nova, tem de viver conforme podem.
6 presos que mataram e violaram idosos vivem numa sela de 4 e sem wc privado, não estão a viver condignamente e a associação de direitos humanos faz queixa ao tribunal europeu."

Existe actualmente uma inversão de valores que leva a proteger e proporcionar todas as facilidades aos cidadãos prevaricadores e a criar dificuldades aos cidadãos honestos e cumpridores.

Portugal tornou-se num país onde não é aprazível viver.

Compadre Alentejano disse...

O sr.Correia de Campos também será de opinião que, se for homosexual até 5% não fará mal?...
Compadre Alentejano

Francisco Castelo Branco disse...

Podemos ter freeport, escandalos com politicos ou pessoas mais conhecidas, julgamentos de autarcas, Presidentes da Republica que passam a vida a vetar leis. Será que Soares e Sampaio tb nao vetavam? ou será que é apenas Cavaco o unico a vertar?...

Mas o que fica sempre é o futebol!

Essa paixão lusitana que arrasta milhões...
em tempos de crise.... e não só!

Daniel Santos disse...

vais-me desculpar mas prefiro fumar um pouco do ópio do povo, o futebol e não pensar em crises,

aquele abraço.