Uma espécie de Adeus

Dalaila 12-09-08

Não vou embora, porque virei cá sempre na mesma, mas acho que estou muito longe de corresponder a este blog, pouco escrevi, dediquei-me pouco, acho que o farol me absorve.

Também vou, até ao meu vento do norte.

Obrigada por tudo, e quem ficar por cá que não pare, nós e outros gostavamos muito de vos continuar a ler.

0 comentarios: