Umas perguntas a modos que ... burras!

Quinttarantino - 07.07.2008

É tempo de quase férias para uns, férias para outros, trabalho a dobrar ainda para alguns e anda tudo assim ...
Por aqui, no nosso NOTAS onde andam quase todas SOLTAS, nem IDEIAS por mais TONTAS que sejam nos demovem de ir marcando presença com um lamiré.
Vindo aqui ver isto, constantando que somos para aí uma equipa de futebol e que aqui no "pasa" nada, dei comigo a pensar se andaremos como o Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol?
Quer dizer, entre impedimentos e suspeições, ficou toda e qualquer actividade suspensa?

Ou estará já tudo a preparar-se para o estado da Nação, rabiscando números, notas e gatafunhos nos blocos de notas?
Alô, anda por aqui alguém?

6 comentarios:

Maria P. disse...

Andam muito poucos por aqui, digo eu...

:)Beijinhos.

lusitano disse...

Olá cá estou eu, ... o brise contínuo ou lá como é que era o anúncio!!!

Essa coisa do CJ da FPF é algo de surreal...

Todos têm razão e ninguém tem razão...e a justiça, coitada, é a única que anda pelas ruas da amargura envolvida em "clubites" agudas, sem imparcialidade, nem capacidade de julgar.

Querendo servir a uns, prejudicando outros, ou querendo servir outros prejudicando uns...

Mas ainda andam por aqui uns quantos, sim senhor!...

Dalaila disse...

sim estamos por aqui, se calhar andamos é à procura de uma inspiração, porque se ligarmos a televisão, se lermos os jornais, acho que cada vez mais ou fugimos de vez, ou lançamos ainda mais ideias tontas ou sentamo-nos no sofá, à espera de algo de bom

Tiago R Cardoso disse...

Eu ainda estou a recuperar do fim de semana, eu explico...

sexta à noite jantar até altas horas na Torreira.

Sábado ligeiro, à noite churrascada...

Domingo, Furadouro, almoço de aniversário, um belo de um bacalhau, à noite a continuação do aniversário, considerando que o aniversariante é um chefe de cozinha francês, acho que está tudo dito...

António de Almeida disse...

-ou seja, o Tiago esteve em grande este fim de semana. Já eu tenho alternado tempos mortos com trabalho, é um tempo intermitente.

Daniela Major disse...

eu venho cá todos dias!