Os amanhãs não cantarão mais uma vez

António de Almeida - 03.07.2008




Na foto, Ingrid Betancourt com a mãe e Clara Rojas, havendo já primeiras declarações da até ontem refém.
Paralelamente:

COLÔMBIA MAIS DISTANTE DA PAZ
Três mercenários estado-unidenses, 11 polícias & militares e um membro da classe dominante colombiana foram recuperados dia 2 pelo governo narco-militarista de Uribe. Daquilo que já se sabe deste episódio verifica-se:
1) Seguindo o diktat bushiano, Uribe continua a rejeitar a solução política do conflito – que deveria ter início com uma troca humanitária de prisioneiros, como propõe as FARC-EP.
2) O governo uribiano-bushiano não hesitou em por em risco a vida dos retidos.
3) Os retidos foram mantidos em boa saúde – poderá o Estado colombiano dizer o mesmo daqueles que mantem nas suas masmorras?
4) Regimes repressivos & fascistas muitas vezes obtêm êxitos em operações de comandos, como mostra a história de Israel e da Alemanha hitleriana – mas isso não leva à paz com justiça social.
5) O alarido mediático dos media corporativos volta-se selectivamente para os membros da classe dominante – mas nunca mencionam os sofrimentos dos oprimidos, como os milhões de camponeses colombianos expoliados das suas terras ou as centenas de guerrilheiros das FARC-EP que padecem nas prisões uribistas.
6) A operação ardilosa do dia 2, infelizmente, pôs a Colômbia mais distante da paz.

Esta vergonhosa pérola de irracionalidade está publicada no resistir.info

4 comentarios:

quinttarantino disse...

Lá esse do Resistir.Info tem por lá umas pérolas de cultura, lá isso tem.
Esta é uma delas!

lusitano disse...

Lá no meu "Politiquices" faço referência a um comentário colocado na noticia da libertação dos reféns.
É do mesmo teor práticamente!
Mas ainda há gente desta???

Marcos Santos disse...

Cheguei a ficar preocupado e assustado com o António, mas o final justificou-se.

Resta agora a pergunta: E agora Chavez?

Tiago R Cardoso disse...

o gajo que escreveu isso estava bêbado ?