O admirado

Tiago R Cardoso - 25.07.2008

A questão futebolística continua a dar cartas, entre providencias cautelares, pareceres e opiniões, o futebol português mostra porque está onde está.

Desta vez, após um parecer do jurista Freitas do Amaral, o presidente do Conselho de Justiça (CJ) da Federação Portuguesa de Futebol, Gonçalves Pereira, afirma-se “admirado”...

Pois fiquem desde já a saber que também eu ando admirado, achei que o futebol nacional não poderia descer mais baixo, lembro que este senhor "admirado", é o mesmo que terminou uma reunião do concelho de justiça, quando reparou que os outros membros iriam castigar o Porto e o Boavista, pelo menos é o que dizem as más línguas.

Entretanto a novela deverá continuar, Gonçalves Pereira afirma que está à espera da notificação do parecer por parte da FPF, de seguida irá entregar uma cópia do documento aos sete membros do Conselho de Justiça, à Procuradoria-Geral da República, ao presidente da Assembleia Geral da FPF e ao secretário de Estado da Juventude e do Desporto.

Presumo que faltará dar uma copia ao cão, ao gato e ao papagaio, já que informar tudo e todos, quer mesmo dizer tudo e todos.

2 comentarios:

Compadre Alentejano disse...

O futebol esteve, está e continuará a estar pelas ruas da amargura. Ninguém acredita na verdade desportiva, mas todos, ou quase todos, acreditam que, antes de começar um jogo já se conhece o resultado.Sempre foi assim...
Um abraço
Compadre Alentejano

Márcio disse...

Caro Compadre,
Sempre foi assim... mas está prestes a acabar.
O futebol português está cada vez mais limpo. E felizes ou não, os responsaveis foram castigados, de uma forma ou de outra.
Mas ainda falta muito para apanhar, ou deitar abaixo, os grandes responsaveis, o Oliveirinha.