Este Alberto João é só boas notícias!

Quinttarantino – 02.07.2008

Caramba, será que é desta que, pelo menos uma vez, a vida nos sorri? – interroguei-me quando tomei conhecimento da notícia mais optimista do dia.
O motivo para este optimismo moderado teve epicentro em Caracas… calma, meu caro António de Almeida, que não é sobre a revolução bolivariana ou sobre o Chavez.

Não, é sobre a anunciada intenção de Alberto João Jardim em abrir um debate sobre o futuro constitucional da Madeira, e que realizará um referendo na ilha sobre a questão.
Assim, em Outubro de 2009 vai realizar-se um referendo na região, para que os madeirenses se pronunciem sobre aquilo que o Parlamento da madeira deverá aprovar em termos de revisão constitucional, a apresentar à Assembleia da República.

Dr. Alberto João Jardim, caríssimo, faça-nos um favor … peça que o referendo seja a nível nacional.
E que seja sobre a independência da Madeira.
Tem aqui um traidor à Pátria que vota pelo SIM!

7 comentarios:

Carol disse...

Olha, já somos dois!

Mi... disse...

É... este Jardim é só "Flores"...

U.M

Daniela Major disse...

A minha alma está parva....

António de Almeida disse...

-Um referendo para quê? Com uma assembleia regional mais que controlada, não digam que o dr Alberto João está com dificuldades em cumprir o seu programa. A não ser, como suspeito, que ele sabe que tal referendo seria inconstitucional, e pretende apenas uma Lei das Finanças Regional mais favoravel, leia-se, que permita um maior endividamento. Se é assim, estou contra, ele que governe com as verbas que dispõe, ele, todos os autarcas, e até ministros, que outras notícias de hoje também não me deixaram tranquilo. Esta mania dos políticos quererem fazer obra, extorquindo sempre dinheiro nos bolsos do contribuinte tem de ter um fim, já chegam os impostos que pagamos, geram receita, é com essa que têm de viver, endividamento significa aumentar impostos ou dívida pública, na primeira hipótese pagamos nós, na segunda as gerações futuras. Basta dr Alberto João! E outros que andam por aí, mais discretos mas com a mesma prática.

Compadre Alentejano disse...

O referendo não é mais que uma forma de pressão sobre a Assembleia da República, quando este lhe apresentar a revisão constitucional, que o governo e o PSD madeirense vão fazer aprovar.
Agora, eu votava era num referendo nacional para aprovação da independência da Madeira, e votava SIM.
Compadre Alentejano

Tiago R Cardoso disse...

E não se pode votar só a nossa independência do Doutor Alberto João Jardim ?

O homem tem a capacidade de nos aborrecer, espero em breve que consigamos-nos libertar dele.

Cidadao Kapa disse...

Também votaria sim na independencia do Alberto Joao. Bolas, até estava disposto a que usassem dinheiro dos meus impostos para lhe oferecer outra ilha para brincar. Mas bem longe