De braços erguidos

Tiago R Cardoso - 17.07.2008

Já que o Senhor pede, com tão boas maneiras, eu não baixo os braços Senhor Presidente, mantenho-os bem erguidos, preciso deles para trabalhar.

Preciso deles para que o céu não me caia em cima, tenho de os manter erguidos para poder comandar as pontes, carregar nos botões, para anotar as coisas.

Não os posso baixar, tenho de limpar o suor de 35 graus de temperatura, tenho de suportar o peso do aço.

Fico feliz Senhor Presidente por poder ajudar, fico feliz por erguer os braços e poder contribuir para que o país avance, como me sinto importante.

Vou manter os braços erguidos, contribuir para a sua central nuclear, ajudar no aeroporto, construir o TGV, eu também quero contribuir.

Sim Senhor Presidente, gosto destas obras megalómanas, gosto desta politica de betão e do lixar do cidadão, gosto desta politica “socialista”.

De mãos erguidas, Senhor Presidente, aplaudo a consolidação orçamental deste governo, severamente posta em causa pelos deficientes das força armadas, que armados em coitados queriam mais ajudas, esbanjadores.

Sabe Senhor Presidente, vou resistir, vou estar de braços erguidos, com a mãos fechadas e com os dedos médios esticados.

10 comentarios:

Adoa disse...

Deves concordar que esta política é muito socialista... está a lixar todos... ou quase!

quinttarantino disse...

Bem me queria parecia que não ias resistir muito tempo ... e ainda bem!

Carol disse...

Andas cá com umas mudanças de humor!

lusitano disse...

Caro Tiago

Ainda bem que não baixas os braços e se estiveres cansado diz, que eu, embora já com mais idade, ir-te-ei segurar nos braços para eles não cairem.
E enquanto eles se "divertem" a fazer "obras de regime", vamos nós tentando alertar as pessoas, para que percebam que qualquer dia têm tudo o que os países desenvolvidos têm, excepto nivel de vida, casa e pão e acho que jovens também!
Ora então vamos lá a isto!!!

NuNo_R disse...

BoAS...

EU tb vou estar de braços no ar.
Socorro. Tou a ser roubado!!! lol ;)

abr...prof...


PS: Tou de férias. Virei mais tarde.

Compadre Alentejano disse...

Eu, como bom alentejano, vou manter as mãos nos bolsos e esperar que a vontade de trabalhar passe...
Um abraço
CVompadre Alentejano

Fa menor disse...

ahahahahahah!!!
Força Tiago!
Gosto de te ver com garra.

jo ra tone disse...

Muito bem Tiago,
Vou ouvindo dizer, que se a oposição ganhar isto vai dar uma grande reviravolta:
Emprego para os mais necessitados,vão terem atenção as as famílias mais
numerosas,prioridades aos recém formados consoante o rendimento do agregado familiar, enfim vão diminuir o fosso entre ricos e pobres.Uma grande série de coisas boas para beneficio dos mais pobres.
Aqui sim,já os portugueses podem viver como verdadeiros seres humanos
Existe ou não cruzamento de dados? Claro que existe!
Conhecem ou não as dificuldades de cada um?
Claro que conhecem!

Força

joshua disse...

Braços erguidos? Está boa, está. Só se for num manguito.

PALAVROSSAVRVS REX

O Guardião disse...

Eu já nem sei se estou com os braços no ar por estar a ser roubado ou se já tenho medo de os baixar e arrear com ganas em que me rouba descaradamente. Já nem consigo esticar o dedo, tal a força com que cerro os punhos.
Cumps