Acredito

Dalaila - 23.07.08


Imagem: Thomas Gauk

Acredito no poder da natureza que nos leva a sonhar,
nas luzes que se soltam no ar,
nas flores que crescem,
nas cores dos prados que nos fazem respirar,

acredito nas pessoas que têm luz dentro,
acredito no mundo,
acredito que a lua se sente de dia,
e haverá sempre um sol para noites cerradas,

Acredito no silêncio das ávores,
acredito que há dias que uma gota parece um oceano,
dias cinzentos,
acredito que qualquer tela se pinta com vontade,
acredito na mudança,
acredito em acreditar que o mundo tem luz,
e em cada luz haverá sempre uma palavra doce de tulipa para preencher cada coração!

5 comentarios:

Tiago R Cardoso disse...

Também eu acredito nisso tudo, também eu ainda acredito nisso tudo, mas esta sociedade é uma sociedade descrente, onde já se acredita em pouca coisa.

Muito bom, excelente.

António de Almeida disse...

-Está muito bem escrito, mas não consigo ser tão crente.

Marcos Santos disse...

Muito lindo poema. Esperança é sempre bem vinda.

Catherine disse...

Very cool image!
Cat

Adoa disse...

Eu sou crente!
lolool
Acredito que tudo pode ser bem melhor, o problema é que pouca gente o quer...