Lutar ao fresco

Tiago R Cardoso - 30.06.2008



Todos devemos estar gratos a Willis Carrier, quer dizer, quando digo todos falo obviamente daqueles que bem sentados no seu gabinete e com um belo ar condicionado, sentam-se na frente de um computador e escrevem num blogue.Eu até iria mais longe, alvitrando que a origem da blogosfera possa estar na invenção do Senhor Carrier...

Um belo dia, um indivíduo bem instalado no seu gabinete e sem nada para fazer, pensou: “Ora deixa ver... Aqui está-se bem, sim senhor... O expediente está todo tratado, está fresquinho, acho que seria giro criar um sítio para dizer mal do governo, quem diz do governo diz oposição...
... Ou melhor, dizer mal de tudo, vou portanto criar um... blogue, parece um bom nome aqui para a coisa ...”

Seguindo o exemplo, surgiram por aí milhares de blogues; alguns subiram tão alto que foram por ai considerados blogues de topo mas arriscando ser balões de S. João!Os seu autores, confortavelmente sentados nos seus gabinetes, são considerados os donos da verdade, o povo gosta e eleva-os ao estatuto de “estadistas”, agradece e bate palmas a tão grandes lutadores das liberdades que lutam por ele.

Também agradeço tudo aquilo que estas “elites” de pensadores fazem por mim. Aqui sentado no fundo da cadeia alimentar, bato palmas e humildemente faço a vénia aos abruptos deste país, aos cortas fitas e aos que são insurgentes, pois são eles que fazem com que eu me sinta melhor.

Não!!!! Isto não é dor de cotovelo, é agradecimento de um trabalhador de mãos estragadas, que sabe ver o tudo de bom que lhe fazem.Por isso vamos todos agradecer ao inventor do ar condicionado, senhor Willis Carrier; não fosse ele e eu queria ver quem é que se sentava no seu gabinete, com este calor, para ser armar em intelectual.
(Este texto foi cozinhado à temperatura de 35 graus, entre duas máquinas e o corte de três barras de aço.)

8 comentarios:

Peter disse...

Bem, eu não devo ainda estar muito bom da cabeça, ou estou a ficar lerdo.
O Willis Carrier foi o inventor do ar condicionado, ou foi o criador dos blogs?

quinttarantino disse...

Ó Tiago, o calor derreteu-te os neurónios pá ... só pode ... quer dizer, só os que estão em gabinetes é que escrevem em blogues?

Então, o meu amigo como justifica que arranjou tempo lá no corte do aço para engendrar este?

Depois, ó meu cavalheiro, fica sabendo que eu trabalho num gabinete, virado a nascente e que leva ali com o sol quase todo o dia e ... sem direito a ar condicionado ... e não é por eu ser da oposição! Embora também não tenha ainda percebido porque é que naquele edifício, ao nível daquele piso, só o meu serviço não tenha ar condicionado ...

Depois, não achas que lá o Carrier tinha mais que fazer que preocupar-se com blogues?

Pata Negra disse...

Às primeiras explicações não me foi fácil perceber o que era a blogosfera. Nas primeiras abordagens nem sequer me seduziu. Agora faz parte da minha vida mas continuo de pé atrás com todos os blogs que tem links para o Abrupto (já repararam na esperteza: começado por ab para ser o primeiro das listas!)
Um abraço de blogue em riste

Carol disse...

Ó homem, os 35º afectaram-te e de que maneira!
Então, para se escrever blogues há que ter gabinete e ar condicionado?! Eu, por acaso, não tenho nem uma coisa nem outra.

Muitos dos meus posts são delineados em plena sala de explicações ou, quando muito, no sossego do lar. Mas em nenhum dos locais o ar é fresco. Antes pelo contrário, pois são áreas envidraçadas e que levam com sol grande parte do dia.

Para além disso, não percebi a ideia de que quem escreve blogues são os intelectuais. Então, onde é que tu te encaixas? Tu que escreves , tu que não tens gabinete nem ar condicionado?!

Sinceramente, acho que me deve ter escapado aqui alguma coisa...

Zé Povinho disse...

Parece que são poucos os que têm ar condicionado, quem diria. Eu, para ser sincero nem preciso, Sintra é mesmo um Éden, aqui basta estar à sombra, ou dentro de casa para usufruir do fresquinho. O pior é mesmo no Inverno, quando os pobres osso se queixam da humidade, mas também não se pode ter tudo.
Blogues só leio os que me apetece, e mesmo assim apenas quando tenho um tempito livre, como é o caso.
Abraço do Zé

Daniela Major disse...

Pela primeira vez, concordo com o Quin! Eu estou bem rimpinpada no meu sofá a escrever no blogue e inclusive a fazer este comentário!

António de Almeida disse...

-Pois eu ando cheio de trabalho, o maldito IVA, mais umas situações pontuais não me deixaram tempo para perceber se esteve frio ou calor, estiveram 35 graus hoje? Ar condicionado apenas o sinto agora, á noite em casa.

Adoa disse...

Não há sombra que nos valha...

Por acaso é muito bom estar no trabalho a escrever nos blogs, a fazer comentários, etc.

Sempre dá a ilusão ao patrão de que se está a fazer algo, a trabalhar muito...

Acho que é isso que o pessoal de escritório de onde eu trabalhava fazia, sim, é essa a resposta!

Obrigada, foste muito esclarecedor!