A feira de Neuchatel

António de Almeida - 19.06.2008



-Foram colocados panos pretos no hotel que serviu de quartel-general á selecção portuguesa no EURO 2008, julgava eu para proteger a equipa dos olhares indiscretos e de eventuais distrações do exterior, mas não, afinal era para encobrir a pouca vergonha em que o local se transformara, um antro de transações comerciais só que á porta fechada. Os maus exemplos começaram logo de cima, Scolari tratando da sua vidinha logo se transferindo para o Chelsea, nada a opôr, após cumprir contrato é livre de ir para onde bem entender, mas desafiar Cristiano Ronaldo a ir para Madrid, afirmando que há oportunidades que apenas acontecem uma vez na vida, parece-me vindo de Scolari, que estaria mais interessado em enfraquecer um rival directo de forma canalha, aliás a mesma forma que permitiu a Deco ir a Barcelona desvincular-se do clube catalão para ir para o Chelsea, entretanto foi tratando de aliciar João Moutinho e procurar garantir a permanência de Ricardo Carvalho no emblema londrino, já que também é pretendido pelo Inter de Milão. João Moutinho (Chelsea ou Barcelona?), Miguel Veloso quer sair mas não chegam propostas (pelo menos que se saibam), e Quaresma na mesma situação, são outros jogadores com preocupações no momento além do seu desempenho no EURO, já nem falando em Cristiano Ronaldo, cujo comportamento público sobre uma hipotética transferência para Madrid é reveladora duma falta de caracter comparavel ao seu talento enquanto jogador, deve ser um problema da formação do Sporting, todos os grandes jogadores que aquele clube formou nos últimos 20 a 30 anos, não tiveram qualquer estatura moral ou caracter, basta ver como exemplo Luis Figo (el pesetero). Por todas estas razões estou pessimista para o jogo de logo á noite, oxalá me engane, mas Scolari ainda vai a tempo de gozar uns diazinhos de férias antes de começar o trabalho em Stamford Bridge, com os alemães a relembrarem Ricardo os golos que tem sofrido de meia distância, será previsivel que Ballack e cª não parem de disparar misseis na direção da nossa baliza, Cristiano Ronaldo nestes momentos costuma pura e simplesmente desaparecer. Em qualquer caso repito, oxalá me engane, força Portugal, mas que querem, não sou pessoa de fé!

4 comentarios:

lusitano disse...

O que eu achei engraçado foi o Scolari criticar os jornais com a história do Ronaldo/Real de Madrid que estavam a desestabilizar o rapaz, mas já o anúncio da sua ida para o Chelsea, foi no dizer dele muito oportuna!!!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Já somos dois! Pode ser que tanto pessimismo nos dê uma surpresa!

Tiago R Cardoso disse...

também não é preciso exagerar, as coisas não são assim radicais, eu até prova em contrário confio neles e acredito na selecção.

Dalaila disse...

podemos sempre fazer leilão, ou ferinha, Olha o rapaz de POrtugal, quem dá mais, quem dá mais, a Suíça é o local ideal, o centro da Europa, onde estão os bancos.