Cronica de Férias - Pequeno- almoço no Burgo

Tiago R Cardoso - 21.06.2008

Durante todo o ano acordar ás sete da manhã, faz com que mesmo de férias também acorde a esta hora, não tem hipótese, sete horas acordo.

Para muitos isso seria uma chatice mas para mim, estando onde estou, aqui no meio do campo, é uma maravilha.

Levanto-me e sento-me aqui na varanda, sente-se um ar puro, a agua do rio ali continua a passar, as ovelhas já ali estão naquele campo, mais ali ao lado as vacas e ao fundo um cavalo.

Mas nada melhor que um pequeno-almoço caseiro, daqueles que não temos tempo durante os dias de trabalho. Um belo de um bolo, compotas, marmelada, leite, sumo de laranja, pão, tudo feito aqui no Burgo.

Bem, vão me desculpar mas vou tratar disso, estou com fome.

6 comentarios:

Fa menor disse...

Ainda bem que já tomei o pequeno almoço... se não já pensaste bem no que fazias?!...
Mesmo assim fiquei da água na boca...
Estou a ver na minha memória esse belo local...

Bom fim de semana

O Guardião disse...

Ó Tiago
Isso não vale, fazer inveja à malta que ainda não está de férias, nem pode respirar o ar puro do Gerês.
Cumps

joshua disse...

.

PALAVROSSAVRVS REX

Sei que existes disse...

Que imagem parasidiaca!Fiquei com um pouquito de inveja...
Beijo grande

Compadre Alentejano disse...

O pior, é se aparece por aí a Lili Caneças da ASAE e sus muchachos...
Continuação de boas férias.
Um abraço
Compadre Alentejano

Pata Negra disse...

Não perdoo dois ou três dias em Julho a almoçar e jantar na pensão Manuel Pires!
Um abraço com conselho