Sócrates, impávido e sereno.

Tiago R Cardoso - 26.05.2008

Enquanto o país atrofia, José Sócrates, mantem-se impávido e sereno.

O primeiro-ministro, José Sócrates, garantiu hoje que o Governo não cederá "à tentação de facilitismo" que levou ao congelamento do preço dos combustíveis no passado.

Facilitismo, Senhor primeiro- ministro ?

Facilitismo é obter a consolidação orçamental por cima dos cidadãos.

Facilitismo é dizer que se baixa 1% no IVA e obtém-se enormes verbas, verbas essas assentes na enorme especulação e concertação de preços, que temos neste momento.

Facilitismo é termos de aturar a demagogia de o senhor dizer, que baixar o imposto sobre os combustíveis não atingiria todos os portugueses, aturar a demagogia de não explicar ou fingir, que directa ou indirectamente o preços dos combustíveis afecta todos os portugueses sem excepção.

Entretanto aguarda-se ansiosamente o tão falado relatório, tantas vezes adiado, sobre a investigação se existe ou não concertação no preço dos combustíveis.

5 comentarios:

Daniela Major disse...

Chi...tou lixada. Não vai gostar do meu mais recente post do blogue.

Bom, mas para consolo, esse senhor é mesmo assim. Afinal ele disse que o povo que se queixa são os "pessimistas de serviço"

NuNo_R disse...

Boas...
Ás vezes questiono-me se esse "senhor" é português.

Sempre que faz ou publicita algo, afirma que é a bem da Europa.
A nivel politico somente faz o que a Europa manda.
mas Afinal quem o elegeu?
Foi a Europa ou os Portugueses?!

Assim não dá!

abr...prof...

joshua disse...

À custa da miséria dos cidadãos e sem mexer um cêntimo nos vencimentos dos boys.

PALAVROSSAVRVS REX

C Valente disse...

Saudações amigas

Fa menor disse...

Oh pá! num me fales mais nesse gajo...