Obras públicas

António de Almeida - 21.05.2008

Atravessando hoje de manhã a Ponte Vasco da Gama, numa altura em que o País se prepara para construir a 3ª travessia do Tejo, dei por mim a pensar se já imaginaram o quanto teria sido poupado aos cofres públicos caso tivessem construido a ponte sem a fila da direita?
É que tal fila é mesmo um desperdício, ninguém a utiliza, tem uma relação custo/benefício bastante dispendiosa.
Com tal poupança talvez conseguissem até ter construido outra fila mais à esquerda, estão de acordo?

3 comentarios:

C Valente disse...

Mas quem se preocupa com isso, quanto a obra mais cara for melhor para as mafias do costume
Saudações amigas

NuNo_R disse...

Boas...

eu percebi o António.
é que os Tugas costumam ser os "reis da faixa da esquerda", pois conduzem sempre nessa faixa ou na do meio. lol

abr...prof...

Tiago R Cardoso disse...

Bem visto.