O síndroma do tapete

Tiago R Cardoso - 23.05.2008

Já por aqui escrevi que os EUA consideram Portugal, um tapete para limparem os pés quando por aqui passam.

O pior é quando um governo, perdão uma sucessão de governos, PSD/CDS e agora PS, se sentem tapetes e gostam de ajudar na limpeza dos pés.

O ministro da Presidência, Pedro Silva Pereira, afirmou hoje que o governo português "não tem nada a esconder ou temer" sobre a questão dos voos da CIA para Guantánamo e que sempre prestou todas as informações solicitadas sobre o assunto.

Reconheço que prestou, afirmou sempre que não se passava nada, que estava tudo bem, reptido várias vezes por José Sócrates.

Disse ainda, Pedro silva Pereira : "Não recebemos lições de ninguém em matéria de direitos humanos", qualificando a ideia que se pretende fazer passar de "conivência" do governo português nesta matéria como "insultuosa" e "falsa".

Se calhar a insinuação até é "insultuosa" e "falsa", por que eu acredito que os EUA, com a enorme consideração que têm por Portugal, nem se deram ao trabalho de incomodar os governos nacionais.

Pedro Silva Pereira declarou que se tem "escamoteado o facto de a responsabilidade exclusiva ser dos EUA e não de Portugal", cujo governo disse não ter nenhuma indicação quanto a prisioneiros que tenham sido transportados nesses voos.

Ai está o síndroma do tapete, a responsabilidade é de quem limpa os pés e não do tapete, é claro que nós nunca avisamos que vamos usar o tapete, mas sinceramente o tapete também não se importa, está lá para isso.

4 comentarios:

Compadre Alentejano disse...

O período em que se realizaram os voos, a partir de Junho de 2005, é da exclusiva responsabilidade deste governo, que sempre declarou a inexistência desses voos. Este sócrates tal o durão barroso, foram bons discípulos de Bush, ah, e bons tapetes...
Mas o povo tem razão, mais depressa se apanha um mentiroso que um coxo...
Quanto a Ana Gomes, fez um excelente trabalho.
Um abraço
Compadre Alentejano

Adoa disse...

A do tapete está muito boa! Mas sabes? Só o é quem quiser...

Na politica são todos uns lambe-botas...

Anónimo disse...

Boa teoria.

Kingnaldo IV disse...

Os aviões da CIA só passaram por Portugal mas dirigiam-se a Guantanamo para desembarcarem os passageiros que dizem serem ilegais. Não sei onde fica Guantanamo, (onde fica?) só sei que não é em território dos USA e assim sendo, como realmente é, porque não se condena por conivência o País a que Guantanamo pertence e onde os passageiros serão turturados??? Se houvesse desembarque em Portugal não seria nada de mais porque em Portugal tudo quanto chega às fronteiras deve ter acolhimento VIP e já não seria um transporte ilegal.