... ah Patinha dum catano!

Quinttarantino - 27.05.2008

Afinal, o Patinha fala e tem ideias.
Coisa notável, especialmente quando a esmagadora maioria do País sempre que ouve falar do Patinha o deve confundir com o Patinhas!

O “Público” - PÚBLICO – noticia que este candidato considera, a propósito do artigo de Mário Soares - e do qual também falo AQUI - que este “acertou no diagnóstico que faz dos problemas do país, mas que não tem soluções, que diz serem do PSD.”
Ficamos ainda a saber de outra coisa que sempre nos escapou e que passa por a defesa das classes médias e a sua prosperidade serem um exclusivo do PSD.
“O PSD tem no seu código genético criar condições para que as classes médias progridam e prosperem”, disse.

Lá está, eu, por exemplo, sou um ingrato e burro … já agora, acrescentem parvo!
Como é possível que tal me tenha escapado?

Aliás, a reforçar esta iluminação tardia que hoje atingi através do Patinha vim a descobrir que, afinal, o PSD é de centro-esquerda e o PS de centro-direita pois o nosso homem assevera que vivemos uma “tecnocracia de centro-direita de cosmética do eng. José Sócrates que conduziu à asfixia” das classes médias!

Depois disto, juro que nunca mais escrevo uma nota que seja sobre política com os mesmos olhos. Aliás, bem vistas as coisas, se calhar ainda um dia vamos descobrir que o Sócrates (que dizem que foi da JSD) sempre foi do PSD e foi assim uma espécie de submarino no PS. Ele faz o que o PSD sempre prometeu e nalguns casos nunca cumpriu e depois o PSD aparece e … zás, ganha as eleições para os próximos 44 anos!

5 comentarios:

Zé Povinho disse...

Eu sempre achei que a diferença estava apenas no "D", e afinal o Patinha veio dizer isso mesmo. Bem, há um certo preciosismo que também atravessa os outros candidatos à liderança desse partido, porque a dona Manuela apoia quase tudo o que o PS anda a fazer e o Passos Coelho afirma que o PSD foi ultrapassado pela direita por parte do PS, por isso é que reitera um discurso marcadamente liberal. Enfim, o socialismo expresso nos nomes destes partidos não será de meia-tigela, porque é ofensivo, mas bem que podia ser substituido por "liberal", que lhes assentava melhor.
Abraço do Zé

Fa menor disse...

Vivendo e aprendendo, não é?!

Tiago R Cardoso disse...

nesse caso também sou parvo, nós é que não percebemos tão grandes iluminados, somos um povo burro.

João Castanhinha disse...

Muito bom;)

Compadre Alentejano disse...

Por mais voltas que dê à cabeça, não consigo descobrir diferenças entre o sr.sócrates e o PSD, e só tenho pena em não ser ele a concorrer a líder desse partido.
Ficavam ambos bem entregues um ao outro...
Um abraço
Compadre Alentejano