É uma esquadra portuguesa, com certeza!

Quintarantino - 28.04.2008

Doravante, sempre que entrar numa esquadra, certifique-se que ela tem, no mínimo, dois agentes de serviço.
Basta ver aqui ESQUADRA INVADIDA

É que, assim não sendo, arrisca-se a, mesmo estando junto de quem é suposto zelar pela segurança e protecção de pessoas e bens, levar uma carga de porrada!
É verdade, aconteceu ontem numa esquadra da PSP, em Olivais e Moscavide!
Esta é mais uma das originalidades portuguesas …

O agente que lá estava, cerca das 17.00 horas, viu entrar porta dentro um cidadão que iria apresentar queixa contra outra pessoa.
Eis, quando senão, a esquadra é literalmente invadida por um grupo de cerca de 15 indivíduos que, mesmo nas barbas da autoridade, malharam no pobre que lá estava!
Olarila … upa, upa!

O que eu acho espantoso nisto tudo é ser possível uma esquadra estar de serviço com 1 só agente; um bando de energúmenos entrar pela esquadra dentro e malhar em quem lá estava e que, certamente, esperaria ser protegido pela autoridade; que hoje, pelo menos às 08.00 da manhã, ninguém pudesse falar porque o sub-comissário ou lá que raio é só devia chegar às 09.00!
Quer dizer, um cidadão leva nas trombas dentro de uma esquadra e o chefe deve (por favor, notem o deve) chegar à esquadra às 09.00 horas!

No mais, face ao clima de desrespeito generalizado por tudo o que é instituição e até pessoas, já estou por tudo.
Notem, por favor, que eu escreo desrespeito generalizado sem olhar a quem ou ao quê!

É que a falta de vergonha, civismo, educação e de valores é característica que atravessa a sociedade de alto a baixo, em diagonal ou como quiserem; de ponta a ponta não sendo exclusivo de uns; assaltos e poucas vergonhas já existem há muito tempo entre nós e se quiserem culpar o Código Penal lembrem-se de quem o aprovou!

9 comentarios:

Carol disse...

Com que então, já nem nas esquadras um gajo está seguro?! Isto está bonito, está!

António de Almeida disse...

-Quint, a esquadra é de Moscavide, na dos Olivais tal não seria possível, pois embora como esquadra seja pequena, a mesma faz parte duma das divisões de Lisboa, com comunicação pelo interior. Não sei onde apareceu Olivais, que de resto até pertence a Lisboa, enquanto Moscavide a Loures. Naturalmente isto é um pormenor, a questão mantém-se.

quintarantino disse...

ANTÓNIO DE ALMEIDA obrigado pelo esclarecimento. Ouvi a coisa assim na TSF, daí o lapso!

De qualquer modo, e como dizes, a questão de fundo mantém-se.
Já não bastava a nossa polícia, de vez em quando, ser muito brava com quem não devia, e agora ainda temos esta de em plena esquadra um tipo levar nos ossos!

Fa menor disse...

Só podes estar a mangar!...
Não posso acreditar que nos deixem chegar a um caos...

lusitano disse...

Bem temos que ver a coisa pelo lado "positivo", ou seja, ao que parece "respeitaram" a autoridade, ou seja, não bateram no policia...

Ao que isto chegou!

LUIZ SANTILLI JR. disse...

Só faltou a turba invasora vir fantasiada de policiais, como ocorre por aqui.
Você é parado por "policiais", mas na verdade são meliantes, fantasiados de policiais!

Que fazer? Acho também que já passou da hora de endurecer a Lei.
Porém quem vai colocar o guiso no pescoço do gato?

Carol disse...

O mais interessante é que a Associação de Profissionais de Polícia afirmou que esta situação é normal...

Tiago R Cardoso disse...

Preocupante quando se deixa de ter respeito pelas autoridades, chegando-se ao ponto de lá entrar dentro para atacar alguém.

Preocupante este abandalhamento da autoridade, este desinvestimento nas forças de segurança e toda esta imagem transmitida ao cidadão.

NuNo_R disse...

Por este andar, será o cidadão comum a proteger os policias...

Troca de serviço e funções essas eheh

É realmente uma palhaçada.
E os "palhaços" nem têm culpa...
:D


abr...prof...