O latão chinês ...

Quintarantino - 24.04.2008

A saga da pirataria e do descaramento chinês prossegue.
Agora são os russos a queixarem-se.
Pelos vistos, cederam a Pequim o direito de montar caças SU-27SK e deram-se mal.
Os novos empreendedores na versão mais selvagem do capitalismo aprenderam como se montava os aviões e, vai daí, começaram a produzir umas réplicas para vender agora ao preço da uva mijona!
As autoridades de Moscovo ameaçam recorrer às instâncias judiciais internacionais.

Não seria mais fácil deixarmo-nos de ais e meios mas, e pura e simplesmente fechar as portas aos produtos chineses?
É que os ditos cujos copiam tudo o que podem, mandam às malvas direitos seja sobre o que for e ainda têm a suprema lata de nos dar lições de moral.

Andou em tempos o nosso Pinho das Economias a dizer-lhes que viessem para cá que tínhamos o bom hábito de pagar pouco aos nossos trabalhadores.
Já que parece que o que querem é negociatas com eles, tinha era proposto uma parceria e mandava para lá uma série de “patrões” lusitanos que têm na contrafacção a sua principal aposta!

5 comentarios:

joshua disse...

Essas artimanhas fomos nós que lhas ensinámos há quinhentos anos, quanto os elogiavas, Fernão Mendes Pinto!

Os chineses levaram-nas à excelência do kitch, à excelência do brega, à excelência do pimba, à excelência do baratucho, pronto. Despacham um ser humano em três tempo, dentro da linha de montagem ou desmontagem da vida com as suas execuções incontestáveis.

Não há Pai para a China, mas a culpa desta bola de neve é nossa.

PALAVROSSAVRVS REX

Tiago R Cardoso disse...

Quanto ao Senhor Ministro que disse que cá era tudo salários baratos por isso deviam investir em Portugal, nem merece comentários.

Fechar as portas aos Chineses, pois se calhar era o melhor, o problema é que todos tem medo deles, todos vergam perante o enorme gigante chinês.

Essa de mandar para lá os da contrafacção portuguesa, é melhor não, pelo menos num aspecto conseguimos competir com outros países...

bluegift disse...

Bom de observar é o autêntico cancro mortal em o capitalismo ocidental (incluindo a Rússia "regressada") transformou a economia na sua dependência crescente em relação à China. Marx e Staline não poderiam estar mais felizes.

Carol disse...

Olha lá, não serão os nossos políticos versões fatelas "made in China"?

Compadre Alentejano disse...

Os chineses estão a fazer o mesmo
que os japoneses fizeram nos anos 60. Como não tinham tecnologias, copiavam tudo o que podiam...
Não está certo, mas é assim, não têm leis de protecção.
Um abraço e bom 25 de Abril
Compadre Alentejano