Não gosto de Maria João Avillez!

Quintarantino – 22.04.2008

Não gosto de Maria João Avillez. Ponto.
Reconheço-lhe méritos e qualidades, mas não aprecio o estilo.
E na última “Sábado” encontrei mais uma razão.
Quase para indignação.

Maria João Avillez tem direito à opinião, mas será que para defender o PSD (na questão dos ataques a Fernanda Câncio) necessita de escrever que “os socialistas ladraram contra as maiorias absolutas” ?
Ladraram?
Ladraram?!

Maria João Avillez, percebo-a, queria dizer que os socialistas são todos uns rafeiros sem educação, nem “patine”.
Maria João Avillez, percebo-a, mas esqueceu que quem numa campanha eleitoral levantou questões em torno das opções sexuais de José Sócrates em tons indignos foram os “bon genre, bien chic” do PSD e PP.

É por isso que quem gosta de se dar ares de superioridade deve pensar duas vezes!
E é por isso que este socialista não gosta de Maria João Avillez.
E digo-o sem ladrar!

7 comentarios:

lusitano disse...

Qintarantino

Tens toda a razão: a palavra utilizada é infeliz e ofensiva.

Quanto aos ataques em torno de opções sexuais e intimas, são todos errados e execráveis, venham de onde vierem, mas lembra-te de quem atacou Sá Carneiro por causa do seu casamento.

Com isto quero dizer "que tão ladrão é quem vai à vinha, como o que fica a vigiar", ou seja, que todos são culpados e todos deviam colocar as "suas mãos nas suas consciências".

Tiago R Cardoso disse...

Nesse caso já somos dois a pensar a mesma coisa, claro que tirando aparte do socialista.

quintarantino disse...

LUSITANO os ataques a Sá Carneiro vieram, especialmente, da banda do PCP. Assim como as famosas frases pintadas dos 30 mil contos de alegadas dívidas à banca.

Mas, nem é por aí ... se queremos mostrar a nossa (alegada) superioridade, não entramos pelo jogo rasteiro!

Carol disse...

Olha, já somosdois!
A senhora tem ares de dondoca, mas fugiu-lhe o pé (e de que maneira!) para o chinelo!!

Quanto ao caso Sá Carneiro, lembremo-nos que muito boa gente do PSD só não lhe fez a cama porque não pôde!

lusitano disse...

Quintarantino

Já disse e repito que estou de acordo contigo nesta matéria.

E sim o ataque dos 30.000 mil contos veio do PCP, mas em relação à Snu Abecassis veio sobretudo do PS, nem o PCP entraria por esse campo pois seria negarem-se a si próprios.
Não chamo a atenção para o caso como forma de "desculpa", mas sim para dizer que infelizmente é uma prática perfeitamente indigna mas que atravessa todos os sectores e que é tempo de acabar com ela.

Carissima Carol
No PSD, como no PS a tantos dirigentes já.
Infelizmente os nossos partidos primam muitas vezes pela fagocitose.
Depois admiram-se de não terem a credibilidade que gostariam de ter...

joshua disse...

Certíssimo! Mas eu, por mim, admito que me surpreendo muitas vezes a ganir e tenho repentes de latido doloroso. É a hipérbole mais à mão para sublinhar o estado miserável a que me vejo chegado.

A Avillez não deveria ter posto os socialistas a ladrar contra as maiorias. Fazia como eu: punha-os a zurrar e não pareceria tão mal.

Destas zoofonias obviamente te excluo, meu amigo caríssimo Tarantino.

PALAVROSSAVRVS REX

C Valente disse...

Não é o unico, e vai mais um
Saudações amigas