Ó Cunha Vaz, tu dar dás ... mas e contrição, nada?

Quintarantino - 29.04.2008

Os “spin doctors” são uma coisa lixada.
Tony Blair tinha-os às toneladas, José Sócrates alguns.
Luís Filipe Menezes também.
Uns, como Ribau Esteves, eram fracotes (não digo como calhaus, para não arriscar umas bordoadas ou um processo).
Outros, como António Cunha Vaz, sabem da poda em que se metem mas sobra-lhes em dogma o que lhes falta em humildade.
Tem um currículo invejável, ambição quanto baste mas corre o risco de se estatelar! Especialmente depois de algumas verdades e bordoadas que mandou … ("Público", caderno P2, edição de ontem).

“O dr. Menezes dirigiu-se às pessoas que estão preocupadas, não com o défice, que a dra. Manuela Ferreira Leite criou, mas com o preço do pão, do arroz, das escolas (…)”.
Pensei que frases assassinas assim só Marcelo Rebelo de Souza!

“ (…) Quem é Aguiar Branco no PSD?”
Ele não sabe?
“ Gostava de ter um Aguiar Branco para mim. As barbaridades que eu digo, pedia-lhe: «Ó pá, diz lá tu, que assim não me chateiam o juízo a mim»”.
Afinal, ele sabe e chama-lhe uma coisa feia!

Com cacetadas assim desconfio que algum dia concretize o que afiançou a terminar a entrevista … quando o jornalista Paulo Moura lhe dizia que “na política teria de os aturar todos”, ripostou que “não, porque não queria ser o número 2 ou o número 3. Só vou para a política, se for para mandar”.
Ora, ora ... assim também eu, também eu!

6 comentarios:

C Valente disse...

Saudações amigas

lusitano disse...

É a "pesporrência" de quem trabalha na sombra e não tem de ir a votos.
Também já houve um que disse que elegia presidentes da república.
Se por um lado os politicos são o que são, gente desta irrita-me solenemente, pois a maior parte das vezes fazem "publicidade enganosa", e depois acham-se o "máximo".
Então que se candidate e depois logo se vê se ganha alguma coisa...

Zé Povinho disse...

Infelizmente é só mais um que também ambiciona o poder, com muita parra e pouca uva. Na política pululam muitos destes, com ambição de sobra e poucas ou nenhumas ideias concretas. São os políticos que temos, cuja arma é o marketing publicitário.
Abraço do Zé

Carol disse...

No comments!

Compadre Alentejano disse...

Luís Filipe Menezes rodeou-se de cromos que nem para criados dos criados de Sócrates servem.
Então vejamos: Cunha Vaz, Ribau, Gomes da Silva, Santana Lopes, Mendes Bota, querem mais?...
Assim, não ia longe.
Um abraço
Compadre Alentejano

Tiago R Cardoso disse...

Bem visto sim senhor, só se vai para mandar, dai a confusão de todos quererem os mesmo lugares.