Lisboa prepara-se para sacar massa ao Norte?

Quando ao bolo dos fundos comunitários já se adivinham as migalhas, surgem as guerrilhas e as habilidades.

A última prende-se com a Resolução do Conselho de Ministros número 86/2007 em cujo ponto 7 se pode ler (e ainda por cima preto no branco) que verbas destinadas ao programa operacional do Norte (PO/Norte) possam ser utilizadas por Lisboa se forem aplicadas em projectos "considerados muito relevantes para o desenvolvimento das regiões objectivo Convergência do Continente".

"Um projecto sedeado em Lisboa, que se insira no Objectivo I [regiões ilegíveis e de apoio transitório], pode acabar por ser financiado pelo PO/Norte, porque é considerado de elevadíssimo interesse nacional", asseverou Rui Rio, autarca portuense.
Segundo o autarca, a região de Lisboa, apesar de estar fora deste Objectivo I, pode aproveitar-se através do que está em texto na lei.

A título de exemplo, Rio disse que, se a região Norte pretender construir um pavilhão de ciência e conhecimento, este será sempre tido como uma infra-estrutura de interesse local, mas o mesmo pavilhão em Lisboa pode ser considerado de elevado interesse nacional.

São estas espertezas saloias que contribuem para alimentar clivagens e sustentar guerras de campanário.

Espera-se que as obras do novo aeroporto não sejam pagas, na parte que nos toca, desta forma.
Aliás, a CIP já tem o seu estudo o qual aponta, como não podia deixar de ser (pois se essa era a localização defendida por quem encomendou o estudo) que a localização do novo aeroporto em Alcochete permite poupar 3 milhões de euros, incluindo uma nova ponte e o redesenho da rede de alta velocidade.

O “Diário de Notícias” de ontem avançava também que o estudo admite tanto a possibilidade de encerramento da Portela logo que Alcochete esteja operacional como a manutenção do actual aeroporto.

Eu, que já estou por tudo, sou agora a favor da manutenção da Portela.
Portela e Alcochete ou Ota, Faro e Porto, aposto convosco 10 contra 1, hão-de ser insuficientes, ao ritmo que isto leva, para alojar todos os voos de partida que os deserdados da fortuna que todos os dias aumentam em Portugal procurarão.

Rumo sabe-se lá onde! À Rússia de Putin?
Quase de certeza que não. Embora alguns bem merecessem ir lá parar.

Conforme já terão reparado, o NOTASSOLTASSOLTASIDEIASTONTAS procura ser um espaço de liberdade, e por isso se avançou para a junção de três bloggers no mesmo espaço sem cuidar de saber as opções ideológicas de cada um, e onde se permite que os comentadores digam de sua justiça.

Ontem, o Tiago foi mimoseado com um comentário cujo teor era do mais soez que há. Uma coisa é a discordância do que aqui se escreve, outra completamente diferente o insulto.
Tomou-se a decisão pioneira de eliminar o comentário.

Pelo conteúdo, mas muito particularmente porque o energúmeno nem um nome fictício conseguiu arranjar.
Fez o que fez, sob a capa do anonimato, essa capa reles.
Devia ser um jota enjoado e quiçá antecipando a triste figura que a JSD viria a fazer.
Mas isso já o Tiago havia entrevisto.

22 comentarios:

Carol disse...

Quanto ao post, sinto-me tão farta destas jogadas de bastidores que nem me apetece comentar. Pelo menos hoje...

Quanto ao que se passou ontem, é do pior. Acho inacreditável que haja gente que venha a um espaço de pluralismo e diversidade ideológica e que parta para o insulto pessoal, sem sequer dar o nome.
Isso é COBARDIA, sentimento de gente reles e que não merece viver em democracia.
Olha, que aproveite e vá com o outro para a Rússia. Lá é que estaria no seu habitat natural!

sniqper ® disse...

Caro Quintarantino
Em relação ao teu texto, nojo é a palavra certa, essa define tanta conversa da treta de Norte e Sul, e afins, guerras fomentadas por quem todos nós sabemos, mas tenho a certeza que o dia deles está mais perto do que julgam, não vão aterrar, vão cair que nem tordos.
São muitos os bloggers que neste momento, como tu, denunciam estas situações, e muitos mais virão, felizmente.
Quanto aos comentários meu amigo, esses demonstram que se calhar temos de começar uma limpeza da nossa classe para depois limpar o que resta, anda por ai muita gente com a boca suja e paga por dinheiro dos nossos bolsos para destabilizar e insultar quem fala e denuncia as injustiças.
Como o Tiago levou, eu também levei um mimo, tomei a decisão como vocês, pioneira, mas de outra forma, não apaguei, fiz copy paste e deixei lá, julgo que seja uma forma de alguns de nós abrirem a pestana, e verem que não é só do outro lado que eles andam a espalhar a confusão, mas por esse caminho não vão longe, pode demorar, mas que vai acontecer, isso eu tenho a certeza, PORTUGAL vai voltar a ser uma País onde se poderá viver com dignidade e justiça.

Alma Nova disse...

Meu caro Quitarantino,
manobras e jogos políticos, infelizmente para todos nós que sofremos as consequências dos mesmos, são já tão corriqueiros em Portugal que, como costuma dizer-se, "deixaram de ser notíca"...Felizmente que ainda há vozes que se levantam e as denunciam.
Quanto ao caso do Tiago, na blogosfera, tal como na vida real, a cobardia e a indignidade fazem parte da maneira de ser de muita gente que nem sequer pode ser apelidada de Pessoa.

António de Almeida disse...

-Começo pelo fim, a minha simpatia para com o Tiago, umas vezes de acordo outras em desacordo, mas nunca insultei, ou permiti nos espaços onde escrevo, ser insultado, nem tão pouco insultos áqueles que me visitam. A discordância é salutar, da discussão nasce a luz. Não que o Tiago obviamente precisa que o defendam, mas não quis deixar de registar esta opinião. Em relação ao que me trouxe aqui, o artigo, pois são os subterfúgios, a habilidade tão portuguesinha, a chico-esperteza que nos têm conduzido á presente situação político-económica do país. Mas já vem pelo menos do sec. XVIII, não se pense que começou agora, hoje em dia temos é mais exposição.

Fragmentos Culturais disse...

Penso que este blogue tem uma vertente muito meritória e difícil nos tempos actuais [quem diria?! Estamos nós em democracia?! Começo a duvidar...] de alertar para aspectos muito importantes da consciência colectiva portuguesa.

Essa dos dinheiros retirados ao Porto/Norte por Lisboa, não é inédita! Repete-se constantemente... 'Mudam-se os tempos, permanecem as vontades'!!

Lamento profundamente que até aqui na blogosfera as pessoas mau-carácter insultem gratuitamente!

Não li, mas posso supor... lamento profundamente que tenha sido o Tiago 'atingido', desta vez!

Sensibilizada pelo seu olhar em 'fragmentos'!

P.S. Voltarei amanhã para Tiago!

Um Momento disse...

Olá...
Manobras e mais manobras... piors que as que se fazem nas estradas cheias de buracos e afins...
Quanto ao anonimato...já cansa esta treta de anónimos que apenas insultam pelo prazer de insultar
Nada afazer com essas "coisas" sem nome
Ignorar é a palavra chave... ou simplesmente "excluir"
Noite linda desejo

(*)

bluegift disse...

Se os insultos já começaram por aqui (coisa comum na blogosfera) é sinal que vocês já começaram a incomodar as más consciências... Bom sinal ;-)

Metamorfose disse...

O ciclo continua, foa dos 4 elementos e o que parece que continua é a cobardia humana, continua-se a insultar de forma anónima, são um nojo de pessoas.

Obrigado pelas visitas, bom fim de semana.

M.C. disse...

Quin,

Teus textos são sempre excelentes!


Com respeito ao comentário na postagem do Tiago:

Você está corretíssimo, temos que evitar que os pássaros da tristeza, da covardia sobrevoam a nossa cabeça, temos impedi-los de fazer ninhos.
(A)braços e bom fim-de-semana!

M.C.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Vou começar pelo fim. Assim, e para o provocador do post do Tiago, eu deixo esta máxima de Álvaro Cunhal: "A lama não suja o alvo que visa mas a mão que a atira".
Relativamenet ao post, que tive pena de não ver, é natural que no mundo da blogosfera surjam pessoas que, como diz Henri Troyat, são como a aranha: empeçonham tudo em que tocam. Quando passam por mim eu ignoro-as. Não merecem de mim nada nem mesmo uma reflexão. E se deixarem uma mensagem no blogue eu conservo-a para que outros sejam testemunhas dessa ignomínia, se revoltem com ela e percebam que há gente mesmo muito rascazinha. E os próprios, ainda que sob a máscara do anonimato, hão-de sentir, se ainda forem gente, nem que seja um pingo de vergonha, por invadirem desonestamente um espaço aberto e confiante nas pessoas que o utilizam. Uma coisa é ser-se diferente e outra é ser-se mal-formado.
Posto isto passemos ao Norte-Sul.
Pois amigo Quintarantino, tudo está ao sabor dos interesses. E na terra de ninguém impera a lei do mais forte.
Lisboa é Portugal e o resto é paisagem e ainda por cima o Norte não é PS...
Quanto aos aeroportos, diz esta sua amiga e com conhecimento de causa, Alcochete, Portela+1 nomeadamente Portela+Alverca, Ota, Rio Frio e etc e tal, estão mais que estudados há mais de uma década. Conheço os estudos, as pessoas que os fizeram e algumas gavetas onde dormiram. Nunca houve falta de estudos neste país. Bem pelo contrário. Lançaram-se estudos para estudar muita coisa que já estava estudada. Aqui o que está em causa é alimentar as empresas que estudam e ver como jogam os diferentes interesses nas diferentes opções. Povo e Portugal estão de fora.

Tiago R Cardoso disse...

Perfeitamente normal a centralização do poder e investimentos em Lisboa, ao contrário é que seria de espantar.
é mais que evidente que para alem de uma tentativa de Portugal é Lisboa e o resto é paisagem, estamos também perante questão politicas, é mais que evidente e tem se vindo a notar uma crescente agressividade governamental contra tudo o que não for da mesma cor politica, principalmente quando se trata do Sr. Rui Rio.
Eu no ultimo referendo votei contra as regiões, mas agora muito agradecido ao Sr. Sócrates realmente começo a ver melhor as coisas.

NINHO DE CUCO disse...

Já não me lembro se votei ou não pela regionalização. Mas se houver novas eleições eu voto sim. O PS não admite nada que o contrarie e Rui Rio é persona non grata. Pessoalmente tenho uma certa admiração por Rui Rio porque é um homem de coragem e não se deixa formatar pelo partido. Deu a cara pelo sim ao aborto, nas duas vezes, começou o Porto feliz que era um grande projecto mas que deitaram ao chão por ele não ser PS. Lembro que quando houve uma manifestação contra a pedofilia todos os partidos, mas todos, deram ordens para os responsáveis não se conprometerem com a manifestação. Nenhum responsável se atreveu a ir do PCP ao CDS, só Rui Rio com a sua T-shirt branca integrou o cortejo. Por isso não há como deitá-lo ao chão.

quintarantino disse...

Eu votei SIM, mas não sei se o voltaria a fazer... ao que vejo...

NÓMADA disse...

Viva a regionalização! Viva o Tiago! Já não aguento esta guerra de quintas. A grande quinta de Lisboa a meter tudo cá dentro até rebentar pelas costuras. Quanto ao aeroporto; sou por Portela+1.

avelaneiraflorida disse...

Precisamente hoje acabei por postar algo sobre o tipo de anónimos que comentam cobarde e soezmente os blogs alheios!!!!

A falta de ética, a maldade humana têm uma dimensão cada vez maior e, sobretudo, IMPUNE!!!!

A Liberdade de pensamento e de expressão não é traduzível em GROSSERIA!

Um bom fim de semana!!!

Vladimir disse...

Qual é a sua opinião sobre a desconfiança?

antonio disse...

Eu continuo com uma certa fezada na Ota.

Alcochete parece-me uma má ideia e se for mais caro que na Ota podemos sempre poupar numas obras supérfulas aí no Norte. ;)

Lampejo disse...

Quin,

As palavras do Antonio aceitam meus vestígios.

Portanto: subscrevo-as.

(a)braços :)))

R@Ser disse...

Quint.....meu tico e teco andam a falhar comigo....deve ser a velhice que me cerca!
Vou ler teu texto novamente..para ver se entendo.
Bjim e bom Domingo.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Vladimir da Lapa
Eu confio nas pessoas. Até me provarem ao contrário eu confio.Antes pecar por excesso de confiança que recusar a mão a quem a merece.
Porém quando alguém não corresponde a essa confiança desaparece do meu mapa dos vivos e das minhas preocupações. Definitivamente.

Joshua disse...

Tarantino, no que toca às habilidades, temos de estar unidos, atentos e sermos sistemáticos a desconstruí-las. De repente, comecei a pensar em Alcochete com maior simpatia por falar em POUPAR. Esse verbo só serve para alguns, pelos vistos e os detentores de responsabilidade no Estado, na sua ânsia de obra sumptuária e dos seus nomes na História, seguem os critérios que sabemos que seguem.

Não li o comentário de que o Tiago foi vítima, mas tu não tens ideia do que são comentários anónimos que procuram ferir e perturbar!

Entre lê-los, mantê-los, eliminá-los, censurá-los na raiz, de tudo experimentei, desde que comecei em Maio-Junho de 2006, até fixar a regra de que hoje não abdico.

Hoje, não abdico do controlo moderador, mas também não leio os comentários anónimos que começam logo pelo insulto. Ainda ontem, um perseguidor calunioso de estimação e resiliente porque não larga o meu blogue, postou um comentário que prometia mais ofensas e horror gratuito e nem sequer dele li três palavras: limitei-me a apagá-lo de imediato.

É preciso criar couraça e sei bem que o Tiago vai criá-la.

Quem está nisto tem de se habituar às nulidades nojentas que tentam arranhar obra, mérito e autenticidade.

Abraço

joshua

Mia disse...

Estão em optimo caminho ... parabens pelo Blog ... a covardia existe ...