Desculpe, importa-se de repetir?

Primeiro fiquei pasmado, depois entrei em euforia. Por isso irei ser breve.

O Procurador-Geral da República, Dr. Pinto Monteiro, disse em entrevista concedida ao "Sol" e publicada ontem o que segue: "Eu vou dizer uma coisa com toda a clareza, que talvez não devesse dizer: acho que as escutas em Portugal são feitas exageradamente. Eu próprio tenho muitas dúvidas que não tenha telefones sob escuta. Como é que vou lidar com isso? Não sei. Como é que vou controlar isto? Não sei. Penso que tenho um telemóvel sob escuta. Às vezes faz uns barulhos esquisitos".

Ficamos, pois, a saber que o Procurador-Geral da República tem um telemóvel.
Também ficamos a saber que diz o que pensa e que, neste caso, pensa que se fazem muitas escutas e que, quiçá, até ele é escutado.
Perdão, mas o senhor Procurador-Geral da República tem dúvidas que não possa ter telefones sob escuta?
Mas... mas... e de repente lembrei-me de Cunha Rodrigues e pensei: "Tu queres lá ver!"

E, a partir de agora, vou andar atento ao telemóvel.
É que o meu, às vezes, também faz uns ruídos esquisitos.
E eu que pensava que era a Nokia que andava a perder qualidades...

Ah, a euforia advem-me do facto de a minha segunda pátria ter sido campeã do mundo de "rugby".
Springboks, South Africa!

30 comentarios:

João Rato disse...

Fico baralhado! Se o PGR não sabe se está a ser escutado quem é que manda nas escutas?
- Já percebi! As escutas estão acima de toda a gente e abaixo de qualquer um!

Tiago R Cardoso disse...

Eu sempre acreditei que em Portugal ninguém escutava ninguém, afinal graças a estas e outra declarações que temos ouvidos, ficámos a saber que afinal o pessoal anda todo à escuta.

Neste caso vindas de quem vem trata-se de declarações extremamente preocupantes, se nem a próprio procurador escapa e que será de um comum cidadão?

bluegift disse...

Mas quem é que está interessado em escutar o comum cidadão? Só se este for pedófilo ou coisa que o valha...

Márcio disse...

LOL
Devia ter bebido uns copos antes de fazer a entrevista… acho que é caso para investigação, e posteriormente antes de se fazerem entrevistas, ser obrigado a fazer o teste do álcool, ah! e já gora também o teste das substâncias psicotrópicas…
Ehpa, pensando melhor… é melhor não! Senão o Jardim deixava de ter tempo de antena, e coitado do homem, ainda morria… não é de facto, agora que toquei no assunto fosse uma má ideia.

Já agora, quanto € entrou na sua conta depois de ter publicado uma marca!?!?

Este campeonato de rugby foi grande em surpresas… e não é que depois de ela acabar as surpresas continuam, mas desta vez aqui no blog! Acho que ninguém fazia ideia da existência da sua segunda pátria. :)

Tiago R Cardoso disse...

bluegift,
Pode acreditar ou não, mas olhe que eles andam ai, acredite que sim e podem não ouvir tudo mas que lêem, pode ter a certeza que lêem.

NuNo_R disse...

Boas...

é defacto qmuito grave as afirmações do PGR.
E agora quem as irá investigar?!


abr...prof...

quintarantino disse...

Caro amigo Márcio, nem um cêntimo, quanto mais um euro! Infelizmente. Mas olhe que se os tipos quisessem...
É verdade, quem viveu onze anos noutro país tem o direito a considerá-lo como a sua segunda pátria. Acho eu. Quem esteve em África, perceberá.

SILÊNCIO CULPADO disse...

O problema das escutas telefónicas é, em meu entender, um falso problema pelo menos da forma como é colocado. Quem não deve não teme e eu não tenho qualquer problema em que escutem as minhas chamadas. Mas as minhas "eles" não querem. O que está em causa são as escutas telefónicas dos que têm realmente algo a temer. E para esses as escutas seriam talvez meios de prova determinandes que, uma vez eliminados, deixam grandes malfeitores impunes. Por isso se têm levantado vozes e programado campanhas sustentadas por poderosos assustados contra as ditas escutas e até a minha mulher a dias já anda com receio de ser escutada. O PGR é um homem que, à primeira vista, me merece simpatia mas penso que foi imprudente na forma como colocou a questão. Ou então não foi imprudente e pôs a questão de forma a levantar polémica indo de encontro ao marketing organizado contra as escutas telefónicas.
Relativamente à equipa de rugby eu entendo perfeitamente o Quintarantino. Nunca vivi fora de Portugal mas passei longos períodos em países aos quais me afeiçoei e quando vejo o nome de qualquer equipa ou evento a eles associado torço até mais não. É uma forma de me sentir próxima.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Ah e só mais uma coisa. Não me importo que "eles" leiam o que eu escrevo. Quem tem medo compra um cão e eu já tenho três.
Se andam a ler para ver o que as pessoas pensam eu acho muito bem. Se a ideia é fazerem uma perseguiçãozita eu até acho a ideia gira. Mas não precisam gastar dinheiro aos contribuintes com o trabalho de identificar de onde vêm as mensagens. É só dizerem que eu mostro a cara voluntariamente.

Kalinka disse...

QUINTARANTINO

N�o sei mais o que sinto,
por tantos rumos o MAR me leva.
entre o frio beijo e o sil�ncio.

...tanta espera.

EXCELENTE POST, como j� nos habituou, ao seu sentido de humor.

Continua�o de bom domingo.
Beijitos.

NOTA: se quiser espreitar, veja a letra G.Continuo com o alfabeto.

Lampejo disse...

Quin,

(rs..)

Desculpe-me pelo (riso), mas dependo da localização em que me encontro o meu [celular] também emite sons estranhos.
Imagine só, o deles...!

BeijOO :)))

Metamorfose disse...

7 Dias

7 Imagens

7 Palavras

7 Emoções

7 Sentires

7 Paixões

7 Contradições

Espero-te em metamorfoses 7

Um beijo de sentir em 7

R@Ser disse...

Gentem..se todas as vezes que meu tel desse problemas...e eu imaginasse que estava com grampos...Eu não estaria aqui agora...estaria internada em algum manicômio.
Quint,
Bjim e um ótimo começço de semana.

Ema Norte disse...

Boa semana.
Beijo.

Vieira Calado disse...

Parabéns pela vitória no rugby, um jogo de que muito gosto.
anto a telemóveis, felizmente estou livre disso.
Não tenho, nem quer ter.
Bom resto de Domingo.

NINHO DE CUCO disse...

O PGR devia já ter percebido que vivemos tempos difíceis e que a comunicação torce, retorce e distorce tudo o que se diz para tirar o máximo efeito para vender. Ou será, como atrás foi dito, que há interesse manifesto em passar certas mensagens ? Os grandes, os poderosos, porque é deles que se trata, não podem ser escutados. Os crimes nomeadamente de abuso continuado de crianças passam a valer por um só, aliviando a pena... Quem é que não tem atenuantes? Quem é? O desgraçado a quem a sociedade empurrou para as margens.
Hoje, a passear pelos diversos blogues parei no Vladimir da Lapa que conta a história de dois Betos. Aconselho-vos a lerem-na.
Parabens por ter ganho a equipa de rugby da sua segunda pátria. Percebo o seu sentir e não nos devemos nunca coibir em relação aos nossos afectos.
Temos um bom espaço de discussão aqui no Notas e é isso que importa.

NÓMADA disse...

Noto em quase todos os espaços que estão a ganhar relevo na formação de opinião e no esclarecimento, uns destabilizadores (poucos) organizados que vão salpicando veneno aqui e além. Proponho aos autores dos blogues que não lhes respondam nem os visitem. Que os reduzam à pequenez que têm.
Posto isto Quintarantino aperte a minha mão porque também sinto orgulho nas camisolas dos meus afectos. Isso distingue um ser humano pela positiva.
Quanto ao PGR vamos ver o PGR que temos. Depois iremos perceber se os deslizes são mesmo deslizes ou algo mais.

Fernanda e Poemas disse...

Olá amigo, bela postagem.
Beijinhos para todos os amiguinhos.
Fernandinha

adrianeites disse...

foi uma entrevista pouco feliz do procurador... em vez de mandar os bitaites não seria melhor averiguar internamente....
enfim!

Carol disse...

Isto dos telemóveis tem muito que se lhe diga... O meu é Sharp e também faz uns ruídos estranhos... Hum, estarei a ser escutada? Bem, não me admirava nada até porque soube, de fonte segura, que os fixos de muita gente está sob escuta... Ah, pois é! Eles andam mesmo aí!

Bro, estamos duplamente de parabéns: no rugby e na fórmula 1. Isto é sempre a dar!

Maria P. disse...

Gostei deste espaço onde a actualidade me pareceu bem esclarecida.
Parabéns!

Zé Povinho disse...

Eu sou avesso ao telemóvel e sempre achei aquelas maquinetas, que até sou obrigado a usar, só servem para nos infernizar a vida. Se o senhor PGR não sabe se está a ser escutado, que direi eu então?
Abraço do Zé

Mia disse...

Parabéns pelas vitorias.

António de Almeida disse...

-Estas inacreditaveis declarações podem ser ditas num café entre amigos, mas nunca, nunca numa entrevista. Significa dizer que não controla os seus homens, e que em Portugal vale tudo! São declarações duma inabilidade incrível.

aryanalee disse...

O povo é sereno!!!mas cusco também!!
Então nem o sr.pgr escapa?Estamos na era dos Big-Brothers...
Uma boa semana

ANTONIO DELGADO disse...

Será que o PGR não sabe que está a ser vigiado no telefone. Será que ele vem fazer uma entrevista para dizer que a justiça é como um feudo. Condes marquese e outros titulares. Mas não é ele que está na piramide de tudo isso? porque não poe ordem na casa...será incompetente?

Um abraço Antonio Delgado

migvic disse...

Uma coisa é certa, se o estavam a escutar ilegalmente, devem ter parado de o fazer.

Parabéns pela vitória da equipa.

Simplesmente...Joana disse...

Não querem colocar o meu sob escuta?!?! se calhar assustavam-se com as conversas.... ehehhehe.... os ruidos estranhos.... deve ser falta de cobertura!!!!

Tá tudo marado!

Beijooo

Até já!**

Carreira disse...

Não se entende.
Se nem ele sabe quem é escutado em Portugal e ainda por cima assume que poderá estar a ser escutado porque, segundo ele, de quando em vez ouve uns barulhos estranhos no telemóvel, algo vai mal neste país à beira-mar plantado.

7 Pecados Mortais disse...

Meu amigo, é melhor ter cuidado com o Nokia. Muda para a Sony Ericson. Pelo menos este não faz barulho...mas fez-me arguido!!! Isto até da para rir! Grande South Africa! Parabéns pala vitória da tua sentida África do Sul. Continua com a crítica de humor. É excelente!