Costa risca 111 assessores!

Você sabia que na presidência de Carmona Rodrigues, incluindo partidos de
oposição, foram contratados 178 assessores para a Câmara de Lisboa?
Pois é, eu também não.
Mas mais grave é que, provavelmente, nem os lisboetas o sabiam.
António Costa propôs - e foi votado por unanimidade - que não podem existir mais de 67 assessores na autarquia lisboeta.
Parece que a medida vai permitir poupar 1,1 milhões de euros!
Isto porque cada assessor também não poderá ganhar mais que 2.450 euros por mês.
Se quisermos ser moralmente honestos, goste-se ou não do homem, tem de se admitir que é um sinal interessante.

4 comentarios:

antonio disse...

Esperemos que os 111 não sejam distribuidos pelas empresas municipais...

Zé Povinho disse...

Não gosto do homem, mas também não gosto dos (maus)políticos em geral, que enxameiam os partidos que há por aí, mas a notícia agrada-me. Se a moda pega, em breve haverá por aí muito inútil e calaceiro no desemprego, porque sem fazer nada já eles estavam. Será que ainda os vou ver a fazer manifestações em defesa dos tachos perdidos?
Abraço

Tiago R Cardoso disse...

2450 euros ?
Por assessor ?
Antes ganhavam mais ?
O Sr. Costa, podia ter começado sem insultar os portugueses, 2450 euros ????

Arte da Pedra disse...

Eu gostava de ser assessora na Cãmara de Lisboa... Mas,de facto, este é um bom sinal para os lisboetas. è uma reduação de pessoal significativa e uma poupança substancial. Imagino que haja muita gente a pensar como fazer a cama ao António Costa...