Mais uma história de "maminhas"

Por cá andam as revistas do coração animadas por causa das “mamocas” da Diana Chaves.Fosse no Brasil e seria a "bunda" o centro das atenções.
As ditas cujas parece que andaram ao léu na praia de São Rafael, em Albufeira.
Pimba, capa de revista, tudo por amor à personagem, não é crime, praia frequentada por jornalistas… enfim, de tudo um pouco à laia de justificação.
Por mim, acrescento duas notas:
- Não percebi ainda como é que o pessoal das revistas cor-de-rosa tem um faro tão apurado que lhes permita saber onde vão estar os “famosos” em férias, em festas, na praia X do dia Y à hora Z em "topless" ou "all-less". É cá um faro jornalístico que nem na BBC ou Sky News...
- Também não sei qual é questão aqui.
As “mamocas” da Diana Chaves? Se ainda fosse por causa das “mamomas” de uma qualquer esposa de ministro ou da nossa Primeira-Dama… aí sim, havia razões para talvez alvitrar algum atentado ambiental.

5 comentarios:

Anónimo disse...

Eu nesta ainda não tinha pensado.
A mulher do Cavaco com as mamas ao léu devia, de facto, ser um escarcéu na praia.
Ou, sei lá, a ministra da Educação. Ou a da Cultura. Cruzes, credo, canhoto.
Mal por mal, as da Diana.

Anónimo disse...

Este blogue anda mesmo com umas ideias tontas. No espaço de um mês dois posts sobre mamas? Isto não é demais?
O autor sofre de alguma obsessão? Ou será fobia?

Tiago R Cardoso disse...

Eu é que tenho uma perna partida, se não corria já para o Algarve.

quintino disse...

Não corra, caro amigo, não corra.
Parece que a esta hora as ditas cujas já regressaram ao recato de um qualquer "soutien".

Anónimo disse...

Se anda por aí tanta maminha à solta, então deve estar mesmo calor. É a única conclusão que se pode tirar. E, como diz o Quintino, nós cá por Portugal gostamos de apreciar.