Até Luisão anda intrigado!

No dia 12 de Janeiro de 2007 um cidadão, já a noite ia longa, foi apanhado ao volante com 1,33 gramas de álcool por litro de sangue.
Uma taxa superior a 1,2 gramas por litro de sangue é crime e implica, em abstracto, que o infractor possa estar sujeito a uma pena de prisão até um ano ou 120 dias de multa e apreensão de carta pelo menos durante três meses.
O cidadão em causa é conhecido por Luisão e é defesa central do Benfica.
Ao jogador foi-lhe sugerida a prestação de 40 horas de trabalho comunitário.
Não se sabe bem porquê quando, na mesma operação que o apanhou, foram detectados outros casos e nenhum parece ter beneficiado de tal candura.
Certo, certo é que até hoje nem o infractor perdeu 1 minuto que fosse a trabalhar a favor da comunidade, nem ninguém parece preocupado em querer saber o porquê disto acontecer.
Mais um mistério… à portuguesa!

3 comentarios:

Arte da Pedra disse...

Pois é, a justiça, tal como a democracia, é quase igual para todos...

Bruno Pinto disse...

O trabalho que o Luisão fez ao serviço da comunidade, foi ter estado ausente durante uma data de jogos do Benfica, para gáudio de todos os adeptos que gostam de ver bom futebol!

Arte da Pedra disse...

Ah, bom, então está tudo explicado!